Skip to main content

A perfuração de poços artesianos é uma atividade técnica complexa que requer domínio técnico e responsabilidade. Empresas renomadas no setor, como a AVS Poços, destacam-se por seguir rigorosamente normas e padrões de qualidade, garantindo assim a excelência em cada fase do projeto.

Na AVS, contamos com uma equipe diversificada e altamente qualificada, incluindo geólogos, tecnólogos em saneamento, engenheiros ambientais e advogados especializados, todos comprometidos em assegurar a qualidade da água e o êxito de seu projeto de poço artesiano. Nossa infraestrutura inclui maquinário próprio e de ponta, que impacta diretamente na eficiência do processo.

Acompanhe os tópicos a seguir para tomar a melhor decisão ao investir na garantia de qualidade da água em seu projeto de poço artesiano.

Navegue para saber mais sobre os processos da AVS:

Quais são os processos da AVS?

A AVS Poços Artesianos se destaca no mercado não apenas pela experiência, mas também pelos seus processos de atendimento ao cliente que garantem a máxima eficiência e qualidade em cada projeto. 

Abaixo, apresentamos as principais etapas dos serviços de perfuração de poços que nos tornam uma escolha confiável e qualificada para auxiliá-lo:

Atendimento

O primeiro passo no nosso processo é o atendimento personalizado, durante o qual buscamos compreender as necessidades específicas de cada cliente. Entendemos que cada projeto de perfuração de poço artesiano é único, atendendo a diversas finalidades, como abastecimento de água em residências, irrigação agrícola, entre outros.

A partir das informações coletadas, realizamos uma avaliação técnica detalhada, considerando aspectos como a vazão de água necessária, a profundidade estimada do aquífero e os requisitos específicos para o tipo de poço desejado. Essa avaliação nos permite projetar a solução mais eficaz e sustentável para cada caso.

Para clientes que precisam de assistência para determinar a profundidade ideal do poço ou outros detalhes técnicos, a AVS Poços oferece orientação especializada. Nosso objetivo é ouvir atentamente e responder às necessidades individuais, visando não apenas atender, mas superar as expectativas em todos os aspectos do projeto.

Visita técnica

A segunda etapa é uma ação que garante um planejamento preciso em cada projeto de perfuração de poço artesiano. A visita técnica é um momento estratégico em que uma equipe especializada da AVS realiza uma inspeção detalhada no local do projeto para avaliar as condições do terreno e coletar informações essenciais.

Este processo é fundamental para um atendimento mais próximo e personalizado, permitindo verificar as condições de acesso para caminhões e equipamentos de perfuração, a destinação adequada dos resíduos gerados durante a perfuração, além da disponibilidade de recursos como água e energia elétrica no local. 

A visita técnica também proporciona uma oportunidade para esclarecer dúvidas dos clientes e fornecer orientações gerais sobre o projeto de perfuração.

Essas informações são fundamentais para antecipar possíveis desafios, permitindo-nos oferecer orçamentos mais acurados e estabelecer prazos realistas que se alinham às necessidades do cliente.

Cada local possui características geológicas únicas que influenciam o método de perfuração. Por isso, a visita técnica é essencial para adaptar nossas técnicas e equipamentos às condições específicas do terreno, garantindo assim a eficiência e sucesso do projeto de perfuração.

Estudo hidrogeológico e geofísica aplicada

Na AVS Poços Artesianos, o processo de determinação da viabilidade e planejamento de um poço artesiano integra estudos hidrogeológicos e geofísicos para assegurar a eficácia e sustentabilidade de cada projeto.

O estudo hidrogeológico é um processo fundamental para determinar a viabilidade hídrica do terreno e orientar as decisões técnicas ao longo do projeto. Este estudo aprofunda os conhecimentos sobre o perfil geológico e as condições das águas subterrâneas da região, garantindo que os projetos de poços artesianos sejam executados com assertividade e segurança, minimizando os riscos de poços artesianos secos ou de baixa produtividade.

Realizada por mestres e doutores em Hidrogeologia, a análise fornece informações detalhadas por meio da literatura específica, banco de dados e mapas geológicos, abrangendo:

  • Tipo de formação geológica do solo e das rochas no subsolo;
  • Poços da região, incluindo profundidade, diâmetro e vazão;
  • Contexto Hidrogeológico: Córregos, rios, vertentes e a cobertura vegetal da área;
  • Fontes de potencial contaminação;
  • Pontos indicados para a perfuração.

Complementando o estudo hidrogeológico, a sondagem elétrica vertical (SEV), dentro da Geofísica Aplicada a poços artesianos, é um método crucial para avaliar as características subterrâneas do terreno onde o poço será perfurado. 

Essa técnica mede a resistividade do solo e do subsolo, oferecendo dados importantes sobre a estrutura geológica, como a espessura das camadas litológicas, a profundidade do embasamento cristalino, o nível do aquífero, entre outros. Estas informações são fundamentais para determinar os pontos mais favoráveis à perfuração, otimizando o processo e reduzindo os riscos de insucesso.

Durante a SEV, são injetadas correntes elétricas no solo através de dois eletrodos, medindo-se a diferença de potencial entre outros dois, o que permite determinar a variação da resistividade em diferentes profundidades. 

Este método ajuda a identificar zonas com maior potencial para a presença de água, além de auxiliar na parametrização de poços já construídos e na análise da resistividade do solo. A execução correta desta sondagem exige profissionais qualificados, pois cada característica geológica identificada influencia diretamente na estratégia de perfuração do poço artesiano.

A integração dessas análises proporciona uma visão abrangente e detalhada do subsolo, facilitando a tomada de decisões informadas e o desenvolvimento de um projeto de perfuração de poço artesiano preciso, seguro e ambientalmente responsável. 

A AVS Poços Artesianos, com sua abordagem meticulosa e técnica, garante a qualidade e confiabilidade dos poços artesianos, respeitando tanto as necessidades dos clientes quanto as condições ambientais e regulatórias​.

Perfuração do poço artesiano

Agora chegamos ao momento mais esperado do projeto. Para a perfuração do seu poço artesiano com a AVS, não há a necessidade de fazer contratos com terceiros, pois disponibilizamos todo o maquinário e suporte.

Utilizamos máquinas projetadas para perfurar poços artesianos de maneira eficiente e precisa, sendo capazes de atingir grandes profundidades e lidar com diferentes tipos de terrenos, como areia, argila e rocha.

Além disso, para garantir um serviço de qualidade, nossos técnicos são treinados e certificados segundo as Normas Regulamentadoras – NR, assim como os equipamentos utilizados. 

Também asseguramos a anotação da responsabilidade técnica – ART pelo geólogo responsável, bem como o acompanhamento da segurança do canteiro de obras pelo Técnico de Segurança. Conheça nossas três modalidades de perfuração:

  • Perfuração à Rotopneumática com Ar Comprimido (Martelo de Fundo): ideal para terrenos rochosos, esta técnica utiliza a força do ar comprimido para perfurar, proporcionando rapidez e eficiência;
  • Perfuração à Lama em Circulação Direta: Método tradicional que utiliza lama para manter a estabilidade do poço, remover detritos de perfuração e resfriar a broca;
  • Perfuração em Circulação Inversa à Lama ou Ar: Este método é altamente recomendado para obter poços de qualidade superior, pois permite uma perfuração limpa e eficiente, minimizando a contaminação e maximizando o desempenho.

Também priorizamos a segurança em todas as fases da perfuração. A execução cuidadosa do processo garante um sistema confiável e duradouro.

Teste de vazão

Com a perfuração realizada, ressaltamos a necessidade de conduzir um teste de vazão para avaliar a capacidade de produção do poço artesiano. Ele é fundamental para garantir a eficiência e a viabilidade do sistema, fornecendo informações essenciais sobre a quantidade de água que o poço pode fornecer.

Para isso, é instalado um equipamento no poço que permite medir a vazão da água bombeada em litros por segundo ou em metros cúbicos por hora. O teste geralmente é realizado por um período de tempo determinado, durante o qual a vazão é monitorada em intervalos regulares para garantir a precisão dos dados.

Análise de água

Após a confirmação da viabilidade do poço artesiano, é essencial realizar uma análise detalhada da água para garantir sua qualidade e segurança para consumo humano ou outros fins específicos, como irrigação agrícola ou processos industriais.

Ela envolve a coleta de amostras do poço e sua posterior análise em laboratório especializado. Essa análise abrange uma série de parâmetros físicos, químicos e biológicos para determinar a qualidade geral da água e identificar quaisquer contaminantes presentes. São eles:

  • Parâmetros físicos: pH, turbidez, cor e odor da água. Esses parâmetros fornecem informações sobre a aparência e as características físicas da água;
  • Parâmetros químicos: incluem a concentração de substâncias como metais pesados, compostos orgânicos, nutrientes (como nitrogênio e fósforo), sais dissolvidos (como cloreto e sulfato) e outros contaminantes químicos potenciais;
  • Parâmetros biológicos: podem incluir a presença de bactérias coliformes fecais, que são indicadores comuns de contaminação microbiológica e podem representar um risco à saúde humana.

Controle de qualidade da água

Após a análise inicial da água, é fundamental estabelecer um sistema contínuo de controle de qualidade para garantir que os padrões sejam mantidos ao longo do tempo. Essa ação envolve a implementação de procedimentos e medidas para monitorar regularmente a qualidade da água e garantir que ela atenda aos requisitos de segurança e conformidade estabelecidos pelos órgãos reguladores. Existem várias etapas e aspectos envolvidos:

  • Monitoramento: realização de análises periódicas da água para verificar se os parâmetros de qualidade estão dentro dos limites aceitáveis. O monitoramento deve ser realizado conforme especificado pelos órgãos reguladores e pode incluir testes físicos, químicos e biológicos;
  • Manutenção de equipamentos: garantia de que os equipamentos de bombeamento, tratamento e distribuição de água estejam funcionando corretamente e sejam mantidos adequadamente;
  • Controle de processos: implementação de controles de processo adequados para garantir a eficácia dos sistemas de tratamento de água. Isso pode incluir o monitoramento de parâmetros como a taxa de fluxo, dosagem de produtos químicos e eficiência de filtros e outros dispositivos de tratamento.
  • Gestão de riscos: identificação e avaliação de potenciais fontes de contaminação da água e implementação de medidas preventivas para mitigar esses riscos. Isso pode incluir a proteção de fontes de água, controle de poluentes e medidas de segurança no manuseio e armazenamento de produtos químicos.

Manutenção

Com a perfuração realizada, ressaltamos a necessidade de uma parceria contínua com os nossos clientes. Afinal, poços artesianos necessitam de uma avaliação periódica. 

A manutenção preventiva garante a qualidade da água e detecta problemas potenciais que poderiam afetar o abastecimento. Além disso, a manutenção corretiva entra em cena para restaurar as capacidades de produção do poço, caso danos tenham ocorrido devido à falta de manutenção. 

Com a AVS, a manutenção vai além da superfície, garantindo a eficiência, segurança e qualidade.

Garantimos qualidade e eficiência para o seu poço artesiano

Ao longo de cada etapa, desde o atendimento personalizado até a manutenção, a AVS se empenha em garantir qualidade e eficiência para o seu poço artesiano. 

Nossa abordagem centrada no cliente, combinada com o domínio técnico, assegura que cada poço seja uma fonte confiável de água de alta qualidade. 

Escolha a AVS Poços Artesianos para a realização do seu projeto de perfuração e experimente a tranquilidade de contar com especialistas que priorizam a qualidade em cada detalhe.

Converse com um consultor da AVS para saber mais

Dúvidas frequentes sobre os processos da AVS:

Por que realizar uma visita técnica para a perfuração do poço artesiano?

Realizar uma visita técnica antes da perfuração do poço artesiano é essencial para o sucesso do projeto. Durante essa fase, uma equipe especializada avalia o terreno, analisando a topografia, acessibilidade e outras características específicas do local. 

Isso permite antecipar problemas, adaptar estratégias de perfuração conforme as condições do solo e oferecer orçamentos e prazos precisos.

Como garantir a qualidade da água do poço artesiano?

Para garantir a qualidade da água do poço artesiano, a AVS realiza estudos hidrogeológicos e implementa protocolos para prevenir a contaminação. 

Além disso, os processos de manutenção incluem a limpeza do poço, remoção de sedimentos e a reativação de poços abandonados, o que garante a qualidade e o abastecimento contínuo de água.